Entenda melhor a coparticipação

Os planos de saúde podem ser com ou sem coparticipação. Isso corresponde à modalidade de pagamento.

Nos planos sem coparticipação se paga um valor fixo por mês, que inclui os procedimentos contratados sem gerar nenhum valor extra.

O plano com coparticipação funciona de uma forma um pouco diferente.

Nesse caso você pagará uma mensalidade com valor reduzido e, sempre que utilizar os procedimentos, terá uma taxa por cada um deles.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Veja um exemplo prático: vamos supor que você vá em uma consulta e o médico peça três exames de sangue. Em sua próxima mensalidade receberá uma fatura com o valor da mensalidade mais uma taxa X correspondente à consulta e uma taxa Y correspondente aos exames.

No geral, essa taxa de coparticipação corresponde a um percentual sobre o valor dos procedimentos, mas é comum que as operadoras limitem a um valor máximo.

Se o procedimento custa R$ 150,00 e a taxa de coparticipação é de 20%, logo o cliente pagará, além da mensalidade, mais R$ 30,00.

Porém, se o procedimento custa R$ 1.400,00 e o limite máximo é de R$ 80,00, será esse o valor pago e não R$ 280,00, que corresponderia a 20%.

Voltar